Porto Velho: aprovação ao governo Bolsonaro é a 3ª melhor entre as capitais

Porto Velho: aprovação ao governo Bolsonaro é a 3ª melhor entre as capitais

O governo Bolsonaro usufrui em Porto Velho, capital de Rondônia, da terceira melhor aprovação entre todas as capitais, conforme aponta pesquisa do Ibope em uma primeira rodada de pesquisas para avaliar os candidatos a prefeito e governo federal.

A capital de Roraima, Boa Vista, é a campeã de índice de aprovação ao governo. 66% das pessoas consultas o avaliam como ótimo/bom, 15% como ruim/péssimo e 18% regular. A seguir vem Manaus, capital do Amazonas, com 54% de ótimo/bom, 26% de ruim/péssimo e 19% de regular. Porto Velho, em terceiro, aprova a administração do governo Bolsonaro com 50% de ótimo/bom, 29% de ruim/péssimo e 21% de regular.

Os números da região Norte e Centro Oeste são positivos para o governo, e reproduzem, com variação, passados quase 2 anos de governo, o resultado eleitoral de 2018, quando nestas regiões o presidente contou com aprovação elevada. Em Rio Branco, Cuiabá, Campo Grande e Goiânia o ótimo/bom também é melhor do que os outros resultados individualmente.

Salvador é a capital com o menor índice positivo (ótimo/bom) de todas as capitais pesquisadas, com apenas 18% de aprovação dos eleitores, e 62% de ruim/péssimo. Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP) são as outras duas capitais com maior índice de ruim/péssimo, respectivamente 50% e 48%. No Rio de Janeiro a aprovação (ótimo/bom) de 34% é praticamente igual à atribuição de ruim/péssimo, que totaliza 38%.

Pela pesquisa do Ibope, que não fez ainda a sondagem em São Luís, capital do Maranhão, a avaliação dos eleitores sobre a gestão do governo Bolsonaro tem diferenças significativas, apontando extremos como os de Salvador (BA) e Boa Vista (RR). A média de aprovação está nas capitais do Norte e Centro-Oeste, e menor nas capitais do Nordeste, Sul e Sudeste.

Professor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Pedro Mundim acredita que, com exceção de Boa Vista e Salvador, que fogem bastante da média, as demais capitais estão mais próximas das pesquisas nacionais divulgadas recentemente.

Aqui a pesquisa.

Deixe um comentário

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print