fbpx

Porto  Velho: Dr. Hildon é o candidato mais rico, e Cristiane Lopes a mais pobre

Porto  Velho: Dr. Hildon é o candidato mais rico, e Cristiane Lopes a mais pobre

Pela declaração de bens entregue à Justiça Eleitoral, patrimônio do prefeito cresceu 80% em relação à eleição de 2016

Pelo sistema de Divulgação de Candidaturas (DivulgaCand) da Justiça Eleitoral, o candidato a prefeito mais rico de Porto Velho é  Hildon Chaves (PSDB), que tenta a reeleição, e a mais pobre a vereadora Cristiane Lopes (PP), única mulher entre as 15 candidaturas registradas pelos partidos para a disputa da prefeitura da capital de Rondônia, mais do que o dobro de candidatos do pleito anterior, em 2016, quando concorreram 7 candidatos no primeiro turno.

A declaração do prefeito Hildon Chaves registra bens que totalizam R$ 20.357.001,50 (vinte milhões, trezentos e cinquenta e sete mil, um real e cinquenta centavos), e em relação ao pleito anterior o valor total  de bens declarados cresceu 80%. Em 2016, os bens totalizavam R$ 11.261.219,90 (onze milhões, duzentos e sessenta e um mil, duzentos e dezenove reais e noventa centavos). Alguns bens permanecem na declaração atual, outros saíram e novos itens entraram.

A vereadora Cristiane Lopes (foto) registra um único bem, no valor de R$ 45 mil (quarenta e cinco mil reais): um carro ano 2013.

Pela ordem de maior patrimônio listado em bens declarados à justiça eleitoral, os demais candidatos apresentam os seguintes valores: advogado Breno Mendes (Avante), R$ 2.233.000,00 (dois milhões, duzentos e trinta e três mil reais); professor Vinicius Miguel (Cidadania), R$ 1.043.452,73 (um milhão, quarenta e três mil, quatrocentos e cinquenta e dois reais e setenta e três centavos); ex-secretário da Saúde Williames Pimental (MDB), R$ 672.623,14 (seiscentos e setenta e dois mil, seiscentos e vinte e três reais e catorze centavos); Leonel Bertolin (PTB), R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais; coronel Ronaldo Flores (SD), R$ 525.000,00 (quinhentos e vinte e cinco mil reais); Lindomar Garçon (Republicanos), R$ 474.110,09 (quatrocentos e setenta e quatro mil, cento e dez reais e nove centavos) e Sargento Eyder Brasil (PSL), R$ 463.627,00 (quatrocentos e sessenta e três mil, seiscentos e vinte e sete reais).

Prosseguindo, o patrimônio do candidato do PT Ramon Cajuí totaliza R$ 162.173,11 (cento e sessenta e dois mil, cento e setenta e três reais e onze centavos); Geneci Gonçalves (PSTU), R$ 160.000,00 (cento e sessenta mil reais); Ted Wilson (PRTB), R$ 155.000,00 (cento e cinquenta e cinco mil reais); Samuel Costa (PC do B), R$ 147.154,89 (cento e quarenta e sete mil, cento e cinquenta e quatro reais e oitenta e nove centavos); e Pimenta de Rondônia (PSOL), R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais).

A lista de bens do locutor e radialista Edvaldo Soares, que concorre pelo PSC, não está disponível no DivulgaCand.

Clique aqui caso queira mais informações sobre os candidatos a prefeito de Porto Velho e dos demais municípios de Rondônia.

Deixe um comentário

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print