Regina Duarte deixa a Cultura e assumirá a Cinemateca em São Paulo

Regina Duarte deixa a Cultura e assumirá a Cinemateca em São Paulo

Blog da Mara

A atriz Regina Duarte anunciou nesta quarta-feira, 20, que está de saída da Secretaria da Cultura do governo de Jair Bolsonaro. Em vídeo postado pelo presidente Jair Bolsonaro no twitter, ao lado do presidente, a atriz disse que assumirá o controle da Cinemateca, em São Paulo, por sentir falta da família.

No vídeo, Regina afirma que foi ao encontro de Bolsonaro no Palácio da Alvorada para perguntar se estava sendo “fritada” por ele. Desde o início de sua gestão, a atriz vinha sofrendo ataques da ala ideológica do governo que é ligada ao polemista Olavo de Carvalho, guru da família presidencial.

“Toda semana tem um ou dois ministros que, segundo a mídia, estão sendo fritados. O objetivo é desestabilizar a gente e tentar jogar o governo no chão. Jamais vou fritar você”, disse Bolsonaro no vídeo.

Entretanto, Bolsonaro tem permitido sim que desafetos de Regina, como o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, subissem o tom contra a gestão da atriz na pasta da Cultura.

Em mais de um ano de gestão, Bolsonaro estimula e faz vista grossa para ataques virtuais comandados pelo próprio filho, Carlos Bolsonaro, contra auxiliares do governo, que acabaram deixando seus postos, como Gustavo Bebbiano, que faleceu de ataque cardíaco.

Deixe um comentário

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print